Prefeitura de Jundiaí | www.jundiai.sp.gov.br

Vai viajar? Não esqueça de se proteger contra os mosquitos

Publicada em 10/02/2018 às 11:45

Proteção contra mosquitos é fundamental para quem vai viajar para locais em surto de arboviroses

O Carnaval é período de festa e folia, muita gente viajando para locais distantes, e, nem sempre se leva em consideração a situação epidemiológica do local antes de escolher o destino. Jundiaí ainda não registra casos confirmados para dengue, zika e chikungunya, por isso, os jundiaienses que se deslocarem para áreas em situação de risco para as arboviroses, é importante não esquecer de usar repelentes e roupas de proteção para evitar as doenças.

O gerente da Unidade de Vigilância de Zoonoses, Carlos Ozahata, alerta para os riscos dos deslocamentos sem a análise anterior. “As pessoas acabam não se atentando para os riscos a que irão se expor. Sair de um local onde não há registros de casos neste ano, por exemplo, de zika e chikungunya, como é Jundiaí, e viajar para o nordeste, onde há situação de surto, é um risco não só para ela como para a comunidade. No Ceará, no ano passado, foram registrados mais de 100 mil casos de chikungunya, sendo alguns com evolução para o óbito”, detalha.

LEIA TAMBÉM
Baile de Carnaval do Cecco reúne grupos para folia educativa

Caso a viagem seja indispensável, o alerta para os cuidados durante o passeio devem ser redobrados. A enfermeira da Vigilância Epidemiológica (VE) Fernanda Carril, explica que o uso dos repelentes é fundamental para evitar ser picado por mosquitos. “O uso de roupas longas é outra opção. E após voltar para casa, é necessário buscar atendimento médico a partir dos primeiros sintomas de qualquer das doenças, lembrando que é fundamental explicar ao médico os locais onde passou e se foi picado”, comenta.


Sintomas

As três arboviroses possuem sintomas parecidos. O paciente pode apresentar sintomas como febre, diarreia, dores e manchas no corpo. O zika tem a diferença a presença de uma coceira mais intensa na pele acompanhada de conjuntivite.

No caso da febre chikungunya, os sintomas incluem o início súbito de intensa artralgia (dor nas articulações) e febre acima dos 39 graus. O vírus causa inflamações com fortes dores acompanhadas de inchaço, vermelhidão e calor nas articulações, especialmente dos pés e mãos – dedos, tornozelos e pulsos.

A dengue possui sintomas mais diversos, podendo incluir dores de cabeça, febre alta, tonturas e dores das articulações, além de sangramentos (nariz, gengivas), dor abdominal intensa e contínua e vômitos persistentes.

Assessoria de Imprensa
Fotógrafos PMJ


Link original: https://www.jundiai.sp.gov.br/noticias/2018/02/10/vai-viajar-nao-esqueca-de-se-proteger-contra-os-mosquito/


Leia mais sobre